Destaque ficou por conta de Brunno Suzuki que levou o ouro nos 400 metros medley

Brunno Suzuki, do Novos Cielos, núcleo do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), em São Paulo, mostrou superioridade no Brasileiro Infantil de Natação/Troféu Ruben Dinard de Araújo (disputado entre os dias 28 e 31/5/2014), na piscina do Clube Português do Recife, em Pernambuco, ao vencer os 400 m medley seis segundos à frente do segundo colocado, com 5min00s91. “É um garoto diferenciado, inclusive nos treinamentos. Tudo o que ele faz é bem feito e essa ambição e cobrança partem dele”, explica o professor Gustavo Huergo, o Sabiá, técnico da categoria.

10269424_1487701214780088_7236021909945322619_n

Brunno participou da boa campanha do Novos Cielos no Brasileiro: 5 medalhas (1 de ouro, 3 de prata e 1 de bronze); 4º lugar no Infantil I masculino e entre os dez melhores no Absoluto. “Conseguimos isso com um número pequeno de atletas, em comparação com outros clubes, o que mostra o nível do trabalho que estamos fazendo”, comemorou o treinador.

Nadador do núcleo do Centro Olímpico do Novos Cielos, cuja equipe técnica tem o comando de Luiz Fernandes Barboza, Brunno Suzuki, ainda conquistou duas medalhas de prata, nos 200 m medley (2min22s39) e nos 1.500 m livre (com 17min14s89, 20 centésimos atrás do primeiro colocado) – foi uma das provas mais disputadas da competição.

“Os três primeiros colocados nos 1.500 m nadaram abaixo do recorde da competição. Foi a prova mais bonita, a disputa entre o Brunno e o primeiro colocado foi do início ao fim, tanto que, mesmo não tendo ganhado a prova, ele saiu no top ten do portal Best Swimming”, comentou Sabiá. Pedro Henrique Carvalho, do Fluminense, Brunno Suzuki e Thiago Silva Oliveira, da ACEB, superaram o antigo recorde de Alexandre Burini, de 2011, que era de 17min40s49. Bruno dividiu o pódio com Pedro, ouro (17min14s09), e Thiago, bronze (17min30s06).

IMG_20140607_111041634

Mary Ana Farina, Thayene Feijó e Pedro Cataldi, do Novos Cielos, também nadaram bem e foram às finais de suas provas no Brasileiro Infantil. Mary Ana levou a medalha de prata nos 200 m costas (2min35s95) e de bronze nos 200 m medley (2min36s95). “O Brasileiro foi excelente, não só pelas medalhas, mas porque todos evoluíram muito tecnicamente, melhoraram as próprias marcas, conseguiram entrar em quase todas as finais”, resumiu Sabiá.

Muito perto do pódio por duas vezes, Pedro Cataldi terminou na 4ª colocação nos 100 m (1min07s36) e nos 200 m (2min24s39) costas, também assegurando pontos para a equipe do Novos Cielos-Centro Olímpico.

O Novos Cielos é uma parceria entre o Instituto Cesar Cielo, criado em 2010 pelo campeão olímpico e mundial, o governo federal, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, os patrocinadores Banco Volkswagen e Jasmine e a Prefeitura de São Paulo.

Fonte: Instituto César Cielo